Mudança no calendário do Bolsa Família para junho confirmada de ultima hora! Confira todos os detalhes

Em um cenário econômico desafiador, o programa Bolsa Família continua a desempenhar um papel vital no apoio a milhares de famílias brasileiras. Com o intuito de proporcionar maior estabilidade e segurança financeira, o governo federal anunciou mudanças significativas no calendário de pagamentos para junho de 2024.

Quem receberá o Bolsa Família antecipado em junho de 2024?

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), duas categorias de beneficiários do Bolsa Família receberão suas parcelas de junho antecipadamente:

  1. Famílias em Situação de Calamidade Pública: As famílias que residem em cidades e municípios declarados em situação de calamidade pública receberão suas parcelas do Bolsa Família no dia 17 de junho de 2024. Esta medida visa fornecer um apoio mais imediato a essas comunidades, que enfrentam desafios adicionais devido a situações de emergência.
  2. Beneficiários com NIS Final 6: Além disso, os beneficiários do Bolsa Família cujo Número de Identificação Social (NIS) termina em 6 terão suas parcelas antecipadas. Esses indivíduos poderão sacar seus valores no sábado, 22 de junho de 2024.

Calendário de pagamentos do Bolsa Família em junho de 2024

O calendário de pagamentos do Bolsa Família para junho de 2024 será o seguinte:

NIS FinalData de Pagamento
117 de junho (antecipado para famílias em situação de calamidade)
218 de junho
319 de junho
420 de junho
521 de junho
624 de junho (antecipado para sábado, 22 de junho)
725 de junho
826 de junho
927 de junho
028 de junho

Esta reorganização do calendário visa garantir que os beneficiários recebam seus pagamentos de forma mais ágil, especialmente aqueles em situações de emergência.

PIS 2024 - COMO CONSULTAR E SACAR

SAIBA AGORA →

*Você será redirecionado a outro site

Valores do Bolsa Família em junho de 2024

O valor mínimo da parcela do Bolsa Família em junho de 2024 será de R$ 600. No entanto, o benefício pode incluir valores extras, dependendo da composição familiar:

  • R$ 50 adicionais para cada mulher gestante.
  • R$ 50 adicionais para mães de bebês com menos de seis meses.
  • R$ 50 adicionais para cada criança ou jovem entre sete e dezoito anos.
  • R$ 150 adicionais para cada criança com menos de seis anos.

Essas complementações visam atender às necessidades específicas de cada grupo, ampliando o alcance e o impacto do programa.

Edson

Trabalho com escrita há 6 anos e adoro encarar novos desafios

Compartilhe seu amor
Edson
Edson

Trabalho com escrita há 6 anos e adoro encarar novos desafios

RECEBA CONTEÚDOS NO SEU WHATS APP:

QUERO RECEBER >>>