PODE COMEMORAR! Excelente notícia para quem vai pagar o IPVA 2024.

Os donos de automóveis já podem realizar os pagamentos do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2024. O imposto pode ser parcelado em até cinco vezes, mas caso realize o pagamento em uma única cota, o contribuinte recebe um desconto de 3% no valor do imposto. O pagamento pode ser feito através do portal da Secretaria da Fazenda e Planejamento (Sefaz-SP), terminais de autoatendimento, internet banking, aplicativos de celular, Pix, casas lotéricas e bancos. O IPVA de 2024 terá uma redução de 4,1% em relação a 2023 no estado de São Paulo, conforme valor venal dos veículos medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). O calendário de pagamentos do IPVA de 2024 varia de acordo com o final da placa de cada veículo.

O fim do IPVA em alguns estados do Brasil

Em alguns estados do Brasil, como Amazonas, Bahia, Piauí, Goiás, Maranhão, Pará, Paraíba, Rondônia, Espírito Santo, Ceará, Sergipe e Rio de Janeiro, os proprietários de veículos com mais de 15 anos de fabricação estão isentos do pagamento do IPVA. Em outros estados, como Mato Grosso, Alagoas, Acre, São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul, a isenção ocorre para veículos fabricados há mais de 18 anos (Mato Grosso e Alagoas) ou 20 anos (Acre, São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul). Essa isenção traz um alívio financeiro para os proprietários de veículos nessas regiões.

Diferentes alíquotas do IPVA por estado

O valor do IPVA varia de acordo com o estado e é calculado com base no preço médio do veículo no ano anterior, segundo a Tabela Fipe da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas. Cada estado possui suas próprias alíquotas, que variam de 0,5% a 10%. Alguns exemplos são:

  • Acre (1% a 2%)
  • Alagoas (1% a 3,25%)
  • Amapá (0,5% a 1,5%)
  • Amazonas (0,7% a 3,5%)
  • Bahia (1% a 3%)
  • Ceará (1% a 3,5%)
  • Espírito Santo (1% a 2%)
  • Goiás (1,25% a 3,75%)
  • Maranhão (1% a 2,5%)
  • Mato Grosso (1% a 4%)
  • Mato Grosso do Sul (1,5% a 4,5%)
  • Minas Gerais (1% a 4%)
  • Pará (0,5% a 2,5%)
  • Paraíba (2,5%)
  • Paraná (1% a 3,5%)
  • Pernambuco (1% a 4%)
  • Piauí (1% a 3%)
  • Rio de Janeiro (0,5% a 4%)
  • Rio Grande do Norte (1,5% a 3%)
  • Rio Grande do Sul (1% a 3%)
  • Rondônia (1% a 3%)
  • Roraima (2% a 3%)
  • Santa Catarina (1% a 2%)
  • São Paulo (1% a 4%)
  • Sergipe (1% a 10%)
  • Tocantins (1% a 10%)

Essa diversidade de alíquotas impacta diretamente no valor a ser pago pelos proprietários de veículos em cada estado.

PIS 2024 - COMO CONSULTAR E SACAR

SAIBA AGORA →

*Você será redirecionado a outro site
Luis Coelho

Entusiasta do marketing, apaixonado por ajudar pessoas através de conteúdos

Compartilhe seu amor
Luis Coelho
Luis Coelho

Entusiasta do marketing, apaixonado por ajudar pessoas através de conteúdos

RECEBA CONTEÚDOS NO SEU WHATS APP:

QUERO RECEBER >>>